Curta a nossa pagina no facebook !!!






sexta-feira, 20 de janeiro de 2017





Porto de Galinhas é o novo destino para negócios

O balneário captou e apoiou 16 eventos nas áreas de ciência, legislação, tecnologia, gastronomia e cultura, que serão realizados até 2020




Eventos captados e apoiados em 2016 vão gerar incremento
de R$ 46 milhões para economia da região
 (Crédito: Grupo Armação)

Porto de Galinhas ganha espaço como destino cativo de eventos corporativos na Região Nordeste. Em 2016, o balneário pernambucano captou e apoiou 16 eventos em diferentes áreas como ciência, legislação, tecnologia, gastronomia e cultura. Todos eles serão realizados até 2020. O número de captações é superior aos nove conquistados e apoiados no ano anterior e vão gerar um incremento de R$ 46 milhões para economia da região.
“O resultado não bateu a meta, que era de 20 eventos, mas revela o potencial de nossa praia e desperta a atenção do segmento empresarial, que começa a enxergar nossa capacidade estrutural e a possibilidade de harmonizar negócios e um cenário único para lazer e incentivo”, avalia Otaviano Maroja, presidente do conselho do Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau (Porto de Galinhas CVB), entidade responsável pelo trabalho.
No período, o destino captou oito eventos: a Jornada Brasileira de Direito Processual e o Destination Brazil Travel Mart, ambos realizados em 2016. Este último gerou mais de R$ 177 milhões em volume de negócios. No próximo ano, o balneário será sede do 2° Congresso de Corretores de Seguros do Nordeste, XIX Congresso Brasileiro de Mastologia, Encontro sobre Qualidade e Tecnologia em Serviços e Festival Internacional de Mágica. Em 2018 será a vez do Congresso Brasileiro de Cefaleia e do XI Congresso Norte, Nordeste e Centro-Oeste de Cirurgia Torácica.
Entre os apoiados, estão a Flipo (Feira Literária), Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias de Engenharia (IBAPE-PE), Porto Gastrô, Detran - Reunião AND, Day Out Unilever, Semana da Cachaça e Villa Forral. De acordo com a entidade, ainda podem ser fechados outros quatro eventos: o Fórum de Realidade Aumentada (Ismar), Congresso Latino-Americano de Colposcopia, Fórum de Neurologia, Seminário de Tecnologia.
“A paisagem ajuda a atrair mais público aos eventos. Muitos profissionais, inclusive, vêm acompanhados da família e aproveitam o compromisso para tirar alguns dias de folga”, conta Maroja. Outro atrativo está na opção de fugir do trânsito da capital pernambucana e na maior proximidade entre os centros de convenções e estabelecimentos como restaurantes, o que potencializa as oportunidades de networking.

Crédito Foto: Divulgação


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostou? Faça o seu comentário.