Curta a nossa pagina no facebook !!!






terça-feira, 24 de janeiro de 2017





Atlantica Hotels registra mais de R$ 600 milhões em receitas em 2016

Índice de penetração dos hotéis em seus respectivos mercados chega a 117%
  


                              Annie Morrissey, vice-presidente sênior de Vendas e Marketing da Atlantica Hotels/ Divulgação

A Atlantica Hotels registrou em 2016 um volume de negócios que ultrapassou R$ 602 milhões. A receita total alcançada pela companhia é em parte reflexo do número de apartamentos ocupados, que teve saldo positivo de 1,8% em relação ao ano anterior.

Segundo Annie Morrissey, vice-presidente sênior de Vendas e Marketing da Atlantica Hotels, 2016 foi um ano estável para a companhia, apesar da crise econômica. “Tivemos um desempenho melhor do que esperávamos, tendo em vista a desaceleração das viagens a negócios no Brasil. Testemunhamos um ano com muita turbulência política e profundos impactos econômicos, o que trouxe incertezas sobre o futuro do Brasil. Em consequência da recessão e da alta da inflação, empresas de quase todos os setores sofreram estagnação de suas atividades, o que refletiu nas demandas de viagens a trabalho”, afirma Annie.

No entanto, a Atlantica alcançou, em 2016, 117% em RSI (Room Sales Index) – índice de penetração dos hotéis em seus respectivos mercados. “Este é um bom indicador de nossa performance porque mostra a evolução do RevPar de nossos hotéis em comparação ao competitive set primário”, avalia a executiva, acrescentando que “estes números mostram a nossa força no mercado e que realmente estamos mantendo nosso marketshare acima ao da concorrência

A executiva declara, ainda, que os valores praticados nas tarifas de reservas, que culminaram em queda de 5,9% na diária média, são consequência do ciclo de baixa, quando o excesso de oferta provoca queda da taxa de ocupação e depois de tarifa”, pontua Annie.

Em janeiro de 2016, a Atlantica e Hilton Worldwide anunciaram a assinatura de acordo de licença de gerenciamento que dá exclusividade para a Atlantica desenvolver e gerenciar hotéis da marca Hilton Garden Inn no Brasil. Com mais esta marca, a companhia passou a contar em seu portfólio com 12 marcas – Radisson Blu, Radisson, Four Points by Sheraton, Clarion, Radisson Red, Hilton Garden Inn, Quality, Comfort Suites, Park Inn, Comfort, Sleep Inn e Go Inn,além da assinatura by Atlantica Hotels para empreendimentos independentes.

No final do ano, outro anúncio importante ocorreu com a chegada de Eduardo Giestas ao comando da Atlantica. A nomeação do executivo faz parte dos planos da companhia para atingir novos patamares de realizações. Como parte do plano de sucessão, Paul Sistare, fundador da Atlantica, tornou-se Chairman e Juan Carlos Duque, até então presidente, permanecerá auxiliando aos fundos de investimentos privados da Atlantica e no suporte ao Eduardo em seu novo papel de liderança na Atlantica.

Aberturas ,Conversões e novos contratos

Em 2016, 10 hotéis ingressaram na rede, que, juntos, representam a oferta de 1.900 apartamentos.

No início do ano passado, a companhia efetuou a troca de bandeira de empreendimento no Rio de Janeiro para a marca Quality e abriu, em Aracaju, um hotel da bandeira Go Inn.

No início de fevereiro, entrou na rede o Sleep Inn Vitória. Em março, a Atlantica começou a administrarempreendimento em Belo Horizonte sob a nova bandeira Hilton Garden Inn e inaugurou o Quality Hotel Itaipava, em Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro.

Em abril, foi a vez de incluir sob o modelo de franquia, o Comfort Hotel Anápolis, localizado no interior de Goiás, chegando a mais uma nova praça. Em maio, a Atlantica anunciou a abertura do Go Inn Vitória.

Em junho, foi a vez do Comfort Inn Grande Rio Dutra, em S. João do Meriti, na região metropolitana do Rio de Janeiro, adicionando um novo destino ao seu portfólio.

Em outubro, a companhia abriu dois empreendimentos em S. Caetano, de bandeiras Quality e Comfort, chegando, portanto, a mais uma nova cidade.

A Atlantica fechou 2016 com 88 hotéis em operação e dois centros administrativos, com mais de 15 mil apartamentos, em 40 cidades. Apesar da instabilidade do mercado imobiliário, a meta da empresa para 2017 é abrir 12 hotéis, que representam mais de 2 mil apartamentos”, afirma Annie.

No ano passado, a Atlantica Hotels firmou oito acordos, que representam 1.273 novos apartamentos e a entrada em quatro novos destinos. No total, a companhia conta com 37 acordos assinados, o que equivale a 6.172 apartamentos.  

TRIPADVISOR

No acumulado de 2016, 44% dos hotéis da Atlantica Hotels foram inseridos no Top 5 do site TripAdvisor em suas respectivas praças, sendo que destes, aproximadamente, 35% alcançaram a 1.ª colocação.

Entre os 25 melhores hotéis do Brasil, ganhadores do prêmio Traveller’s Choice 2016 do TripAdvisor, promovido pelo TripAdvisor – um dos maiores sites de viagens do mundo onde reúnem-se os empreendimentos mais bem avaliados pelos consumidores – estão dois empreendimentos administrados pela Atlantica Hotels: Four Points by Sheraton Curitiba que conquistou a 21ª posição e Radisson Hotel Curitiba que ficou em 24º. Na categoria Melhor Serviço, o Four Points by Sheraton Curitiba atingiu o 19º lugar.

Ao todo, 46 hotéis administrados pela companhia conquistaram o Certificado de Excelência 2016 doTripAdvisor. Por conta do esmero na gestão dos hotéis, a Atlantica recebeu, em julho, das mãos de Claudia Martinelli, porta-voz do TripAdvisor no Brasil, o primeiro certificado de excelência concedido a uma companhia hoteleira brasileira pelo compromisso com a qualidade do atendimento em seus hotéis.


Parceria com Childhood Brasil

Em setembro do ano passado, Paul Sistare, fundador da Atlantica Hotels, participou da conferência Soluções para Alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para Crianças, promovida pelas Missões Permanentes Suecas e Italianas das Nações Unidas e pela World Childhood Foundation dos Estados Unidos. Foi a primeira vez que uma rede hoteleira brasileira teve espaço para discursar em painel da ONU.

O propósito do encontro foi elencar soluções para contribuir com os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (Sustainable Development Goals – SDGs) em benefício de crianças e discutir o papel das novas parcerias, ações coletivas e novas ações multissetoriais neste processo.

Meses antes, Paul já havia recebido placa das mãos de Eva Cristina Dengler, gerente de Relações Empresariais da Childhood Brasil, em homenagem aos 10 anos de contribuições da companhia hoteleira às causas defendidas pela organização.

Em 2016, a Atlantica Hotels promoveu no dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate à Exploração e ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, ação alinhada à mobilização organizada pelo Comitê Nacional de Enfrentamento a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes em todo o País, cujo símbolo foi a flor amarela e o slogan é “Faça Bonito” e adotou, em parceria com a Childhood Brasil, os conceitos “É Legal fazer bonito, é legal Proteger”, especificamente para o mês de maio, e “É Legal se hospedar, é legal Proteger” para a campanha anual.

A ação buscou intensificar a adesão dos hóspedes que passaram pelos hotéis da rede em todo o Brasil de forma a ampliar o repasse das doações à Childhood Brasil, que chegaram em 2016 a aproximadamente R$ 500 mil.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostou? Faça o seu comentário.