Curta a nossa pagina no facebook !!!






sexta-feira, 23 de setembro de 2016





Paul Sistare, fundador da Atlantica, discursa em painel na ONU

Único executivo de uma empresa brasileira, Paul falou sobre a parceria mantida com a Childhood Brasil desde 2005



Paul J. Sistare, fundador da Atlantica Hotels, participou na última sexta-feira (16), da conferência Soluções para Alcançar os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável para Crianças, promovida pelas Missões Permanentes Suecas e Italianas das Nações Unidas e pela World Childhood Foundation dos Estados Unidos, em colaboração com a Andrea Bocelli Foundation e St. Luke Foundation. O evento contou com presença da Princesa Madeleine da Suécia.

O propósito deste encontro foi elencar soluções para contribuir com os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (Sustainable Development Goals – SDGs) em benefício de crianças e discutir o papel das novas parcerias, ações coletivas e novas ações multissetoriais neste processo.

Paul se pronunciou no painel  “Como novas formas de parcerias entre múltiplos stakeholders podem estimular o desenvolvimento de soluções para melhorar a sobrevivência infantil e promover o bem-estar e proteção, possibilitando o alcance dos SDGs para as crianças”. 

Sobre este contexto, Paul falou sobre a parceria com a Childhood Brasil já que foi o responsável pelo estabelecimento, em 2005, doprojeto de Responsabilidade Social na Atlantica Hotels para a adoção do Código de Conduta do Turismo Contra Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

Ao lado de outros influenciadores mundiais, Paul lembrou do caráter fundamental do desenvolvimento de estratégias para a mobilizaçãosocial e financeira do setor privado em parceria com organizações sociais como a Childhood Brasil.

“Ao apoiar projetos e programas que enfrentam a violência sexual de crianças e adolescentes no Brasil, em conjunto com a Childhood Brasil, vamos para além dos hotéis, fomentando o envolvimento do governo, sociedade civil e o setor privado” declarou Paul, acrescentando que “a Childhood Brasil estimulou o governo a fazer mais de 100 salas de depoimento especial, instaladas nos estados pelo Poder Judiciário; no depoimento tradicional, menos de 10% dos agressores são condenados. Com o depoimento especial, este número atinge quase 70%. Os Tribunais de Justiça dos Estadostambém investem nos equipamentos e na formação dos profissionais que realizam as entrevistas com as crianças”.

Ainda segundo Paul, as campanhas em prol da causa visam conscientizar o turista sobre a importância da defesa de crianças e adolescentes contra a violência sexual. “A proteção da infância e adolescência contra a exploração sexual está no DNA da Atlantica. É o foco de nossa atuação por entender que podemos engajar nossos funcionários, fornecedores e, especialmente, informar os turistas sobre essa violação, com objetivo de sensibilizar para uma ação de proteção, caso presenciem alguma situação de risco de crianças e adolescentes. Além de nossas equipes, os hóspedes e a cadeia de fornecedores tem sido impactados nos últimos 10 anos. O conjunto de ações promovido pela Atlantica fazem dela a rede pioneira na incorporação da proteção da infância na gestão do negócio. Entendemos que nossa experiência precisa ser compartilhada com o setor hoteleiro como um todo para que os hotéis deixem de ser foco derisco e passem a ser aliados à proteção de toda e qualquer pessoa menor de 18 anos”, comentou Paul. 

da esq. p/ dir.: Eva Dengler, Gerente de Relações Empresariais da Childhood Brasil; Paul Sistare, Fundador da Atlantica Hotels; Sua Majestade Princesa Madeleine da Suécia; Sheri Orlowitz, Fundadora da Artemis Holdings Group LLC e Ludmila Golovine, presidente da Masterwood Services.Divulgação.


O Evento
O evento ocorreu na sede do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ECOSOC), plataforma para reflexão, debates e pensamentos inovadores sobre desenvolvimento sustentável da ONU.

Os Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (Sustainable Development Goals – SDGs), estabelecidos pelas Nações Unidas, oferecem uma oportunidade sem precedentes para renovar o compromisso com um terço da população mundial: as crianças.

O evento destinou-se a promover o poder de se trabalhar junto para tratar das necessidades mais básicas das crianças. Investindo em seu bem-estar, educação e proteção, pode-se gerar retornos transformadores para a sociedade como um todo, garantindo um planeta mais sustentável e pacífico para as crianças.

Parceria com a Childhood Brasil
A Atlantica Hotels mobiliza seus 5.500 colaboradores e 90 hotéis espalhados pelo País em diversas campanhas ao longo do ano. Os recursos recebidos com as doações, integralmente repassados à Childhood Brasil, já chegaram a mais de R$ 5 milhões, desde o início da parceria.

“Nossa missão é promover o Turismo Sustentável com atitudes de proteção a crianças e adolescentes, combatendo a exploração sexual. Todos os anos, promovemos ações voltadas aos nossos colaboradores, hóspedes, parceiros e investidores de forma que eles nos apoiem nesta luta, disseminando a causa, tão bem liderada pela Childhood Brasil”, afirma Paul.

Entre os marcos importantes nesta luta, Paul lembra “a adesão da Atlantica ao The Code (iniciativa internacional de enfrentamento da exploração sexual de crianças no turismo); a adoção do Código de Conduta para Proteção de Crianças e Adolescentes contra a Exploração Sexual; o estabelecimento do dia 18 de maio como Dia Nacional de Combate aoAbuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; a realização de inúmeras campanhas de engajamento que já atingiram 25 milhões de pessoas, entre funcionários, ex-funcionários, fornecedores, investidores e hóspedes e; o reconhecimento, em 2012, da atuação pela proteção da infância e adolescência no Brasil, quando recebemos da Presidência da República, o prêmio Neide Castanha”.

Concedido pelo Comitê Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes e pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, “o prêmio Neide Castanha de Direitos Humanos é um reconhecimento das iniciativas que geram coesão entre os nossos hotéis e do compromisso de nossos colaboradores contra a exploração sexual no turismo em todas as cidades onde estamos presentes”, conclui Paul.

Childhood Brasil
A Cildhood Brasil é uma organização brasileira que faz parte da World Childhood Foundation (Childhood), instituição internacional criada em 1999 pela rainha Silvia da Suécia para proteger a infância e “garantir que as crianças sejam crianças”.

Há 17 anos, a Childhood Brasil luta por uma infância livre de abuso e exploração sexual. Atualmente, executa dois programas próprios e seis projetos. A organização já apoiou 145 iniciativas por meio de 74 instituições, beneficiando mais de 2 milhões de pessoas, entre crianças e adolescentes, seus familiares e profissionais de diferentes setores.

Além disso, desenvolve programas regionais e nacionais, influencia políticas públicas e transforma a vida de muitas crianças e adolescentes. Também assessora os diferentes agentes, orientando-os sobre como agir em relação ao problema. Desse modo, promove a prevenção e cria uma proteção em rede para meninos e meninas. Com sede em São Paulo, a Childhood Brasil é certificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip).

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Gostou? Faça o seu comentário.